O  governo indiano foi vitima de um ataque de cryptojacking, o malware de mineração de criptomoedas, que rouba poder de computação de computadores para mineração das moedas digitais. Hackers atacaram sites de municípios do Estado de Andhra Pradesh, no sul da Índia, segundo o jornal India Times.

O malware foi descoberto pela primeira vez por um grupo de pesquisadores de segurança baseados em Guwahati: Shakil Ahmed, Anish Sarma e Indrajeet Bhuyan. O grupo identificou que os sites afetados eram subdomínios dos portais mais visitados no país. O governo já confirmou o ataque e, até ontem, os sites ainda estavam ativamente minerando criptomoedas. A quantidade de criptomoedas mineradas desses scripts ainda não foi divulgada. De acordo com o relatório, as páginas afetadas estavam executando o popular script CoinHive, construído para minerar moedas Monero. Além dos domínios governamentais afetados, mais de 119 sites indianos foram identificados como executando o notório script CoinHive.