Um dos ciberataques mais comuns na atualidade é o chamado DDoS (Distributed Denial of Service, em inglês). Apenas no primeiro trimestre deste ano, levantamento da empresa de segurança digital UPX Technologies registrou 1,4 milhão de ataques do tipo.

Ao realizar um chamado ataque de negação de serviço, os criminosos enviam inúmeros pedidos de acesso simultaneamente para esgotar a capacidade de resposta de um provedor e torná-lo indisponível.

Um dos casos mais recentes de DDoS em grande escala aconteceu entre os dias 26 e 28 de agosto na Espanha, conforma a UPX, quando o site de uma importante instituição financeira ficou fora do ar e apresentou instabilidade por conta de um ataque cibernético que sobrecarregou o servidor do portal.

Por conta disso, a UPX Technologies sugere quatro ações fundamentais para garantir a segurança digital das empresas. Confira abaixo!

1-Conscientização sobre a importância de prevenir ataques

A segurança digital é um assunto que começa a ganhar importância dentro de grandes instituições no Brasil. Por isso, até então, muitas empresas não têm políticas definidas sobre o tema e tomam apenas medidas reativas quando sofrem algum ataque. O primeiro passo é conscientizar as companhias sobre a importância de se antecipar a esses eventos e adotar a proteção de dados nas diretrizes corporativas, seja por meio de políticas de compliance mais claras ou estratégias bem definidas de proteção de redes.

2-Implementar uma ferramenta para identificar a origem dos IPs e bloqueá-los

Algumas soluções disponíveis no mercado possibilitam a análise do tráfego e identificam quais são os IPs que estão atacando o servidor. A partir dessa investigação, é possível bloquear a origem dessa ação criminosa e evitar que esses usuários sobrecarreguem a banda e tirem o sistema do ar.

3-Contratar um serviço de mitigação inteligente e eficiente

Uma mitigação de ataques de negação de serviço inteligente, com algoritmos que respondem imediatamente é a maneira mais eficaz de combater esses crimes. Isso porque o sistema da empresa contratada realiza um filtro em tempo real no tráfego do site da empresa, descarta os acessos maliciosos e entrega apenas o que é legítimo ao cliente.

4-Ter um trânsito protegido para se prevenir contra os ataques

Esse tipo de ferramenta funciona como um seguro, em que o objetivo é se antecipar a eventuais ações criminosas para garantir o funcionamento integral dos serviços da companhia. Ao contratar uma solução de trânsito protegido, a empresa evita ataques que causam interrupções em sua rede e, consequentemente, evita prejuízos financeiros.