desenvolvimento de sistemas

Como otimizar a segurança no desenvolvimento de sistemas?

Entenda a importância de se preocupar com segurança no desenvolvimento de sistemas e na sua implementação – e veja dicas de como fazer isso.

O desenvolvimento de sistemas é um processo muito estratégico para as empresas. É a partir de projetos de construção de aplicações direcionadas às necessidades e aos processos específicos do negócio que as organizações evoluem para se adaptar à competitividade acirrada de um mercado em constante mutação.

Se olharmos para as aplicações móveis, essa máxima se mostra ainda mais verdadeira. Em uma era onde tudo está interconectado pela internet, as aplicações agora são parte integrante de complexos sistemas corporativos e das atividades diárias de uma operação empresarial. Funcionários, clientes e gestores dependem cada vez mais de soluções móveis para criar, processar, armazenar e gerenciar dados dos mais variados formatos.

Desenvolver e implementar sistemas não é uma tarefa trivial e gera outputs que tem peso estratégico, tanto do ponto de vista de funcionalidade quanto de vulnerabilidade, e portanto é uma atividade que requer uma série de cuidados. Especialmente quando se trata da garantia da segurança da informação, pois o volume de dados — muitos deles sensíveis e confidenciais — que trafegam por essas aplicações não para de crescer.

Neste artigo, resolvemos trazer uma reflexão acerca da otimização da segurança no desenvolvimento de sistemas. Continue lendo para entender!

Porquê se preocupar com a segurança no desenvolvimento de sistemas?

A equipe de desenvolvimento de sistemas, seja interna ou contratada de um fornecedor especializado, tem a responsabilidade de garantir que as informações do usuário final estarão sempre em segurança e que os acessos através de determinada aplicação só podem ser feitos de forma prevista. Por isso esta equipe é cobrada por entregar aplicações que proporcionem uma boa experiência aos usuários e, ao mesmo tempo, não estejam vulneráveis a acessos indevidos e ao vazamento de informações do negócio.

Se olharmos para os prejuízos financeiros causados por fraudes, vemos a importância de garantir proteção de dados nas aplicações. De acordo com um levantamento global da Online Trust Alliance (OTA), ataques cibernéticos foram responsáveis por perdas de mais de 45 bilhões de dólares em 2018 em empresas de todos os portes e nos mais variados segmentos do mercado.

Até mesmo instituições bancárias, que investem muito em segurança, têm se deparado com ataques do tipo Formjacking, que é uma maneira de um cibercriminoso interceptar informações diretamente de um site ou app de comércio eletrônico.

A vulnerabilidade das aplicações é uma das causas do problema. Segundo a OTA. 95% dos ataques poderiam ser evitados se os sistemas fossem mais resistentes a investidas de hackers, e se os desenvolvedores e usuários fossem melhor preparados para lidar com as possibilidades de ameaças.

Como desenvolver e implementar sistemas com segurança?

Uma série de boas práticas — revistas periodicamente para contemplar a evolução da “indústria hacker” — precisa ser seguida no desenvolvimento de sistemas. O mesmo acontece com a fase de implementação, que também precisa ser orquestrada com método para evitar a abertura de brechas de segurança.

Confira, a seguir, algumas dicas primorosas.

Use metodologias avançadas de desenvolvimento

Metodologias como DevOps, que une o time de desenvolvimento ao da infraestrutura de TI, e o conjunto de boas práticas da biblioteca ITIL (Information Technology Infrastructure Library) são muito recomendados nos projetos de desenvolvimento.

Esses métodos estão em constante evolução e fornecem a cada membro da equipe de desenvolvimento um papel claro, além de ferramentas que colocam a proteção dos dados em primeiro plano.

Conte com ferramentas de análise de softwares

Hoje, com a computação em nuvem, está muito mais barato e fácil de se conseguir soluções de análise de software, testes automatizados de código e validação de rotinas.

Essas ferramentas ajudam o time de desenvolvimento de sistemas a concluir cada etapa dos projetos com a certeza de que nenhuma vulnerabilidade foi ignorada.

Seja rigoroso com os testes

Da mesma forma, contar com soluções para testes e rastreamento de falhas, por exemplo, é fundamental. As aplicações tendem a ser vulneráveis quando todas as possibilidades de testes não foram esgotadas.

Para tal, além da tecnologia, é importante contar com um time especializado. Profissionais de testes devem ter dedicação total às suas atividades para que consigam garantir o melhor trabalho.

Dê atenção especial ao gerenciamento dos projetos

No que diz respeito ao gerenciamento dos projetos de desenvolvimento, é fundamental ter cronogramas bem estruturados, metas a serem atingidas e métricas para dimensionar o alcance dos resultados definidos no escopo.

A figura do gerente também é primordial; ele deve ser um facilitador para as pessoas envolvidas no trabalho operacional.

Dessa forma, fica mais fácil garantir que tudo está sendo realizado em conformidade, nos prazos certos e com a qualidade esperada.

Busque ajuda especializada

Por fim, mas não menos importante, contar com ajuda especializada em segurança no desenvolvimento de sistemas, bem como na implementação, faz toda a diferença quando se trata da proteção das informações corporativas.

Um bom fornecedor, com expertise e com soluções comprovadas, vai possibilitar garantir qualidade nos projetos, propor mudanças e métodos inovadores e apoiar equipes de alta performance. E isso tudo pode ser garantido por um acordo de nível de serviço (SLA) bem desenhado e um contrato que defina claramente a atuação do fornecedor e os resultados que ele deve entregar.

→ Leia também: O que fazer após uma violação de dados: 5 etapas para minimizar o risco!

Como está o desenvolvimento de sistemas em seu negócio? A segurança é uma preocupação? Fale conosco e veja como podemos ajudá-lo a garantir sua segurança em seus projetos!

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *