testes de invasão

O que você precisa saber sobre testes de invasão

Testes de invasão previnem ataques cibernéticos e auxiliam as equipes de TI no mapeamento das vulnerabilidades dos sistemas

Se você tem uma empresa e possui um grande banco de dados, deve saber do risco que uma invasão de hackers pode causar. Mas, situações do tipo não acontecem apenas com informações e conteúdos de grandes grupos empresariais, qualquer pessoa ou organização pode ser alvo de ataque dos terroristas cibernéticos. Por isso, se você ainda não pensou, está na hora de começar a entender e estudar a necessidade de realizar testes de invasão e proteger os dados de sua empresa.

Ao ter um sistema invadido, não são apenas os dados institucionais ficam expostos, mas também todas as informações dos seus clientes, como dados pessoais, contas bancárias, endereços e outras informações que podem ser usadas para o roubo de identidade.

Por isso, frente à impossibilidade de se proteger completamente de ataques e códigos maliciosos, é preciso tomar alguns cuidados para lidar adequadamente com as possíveis vulnerabilidades para evitar as consequências em casos de violações. E, uma das formas de prevenção é o uso de testes de invasão.

O que são os testes de invasão e quais os principais tipos?

Os testes de invasão são realizados com base em um conjunto de procedimentos e processos, em uma tentativa de encontrar e explorar vulnerabilidades nos sistemas da organização, simulando possíveis ataques cibernéticos. Além disso, com os testes é possível mapear brechas, pontos comprometidos e identificar quais variedades de ataque possuem mais chances de êxito.

Durante os testes de invasão são envolvidos todos os sistemas da instituição, como computadores, aplicações web, servidores, protocolos de e-mail, informações confidenciais e periféricos.

Hoje, existem três modalidades principais de testes de invasão:

  1. White Box (caixa branca): nessa modalidade, a equipe realizadora do teste tem acesso a todas as informações da topologia de rede da empresa, credenciais de acesso e aplicações para avaliar as vulnerabilidades. Normalmente, essa abordagem é utilizada para executar testes maiores e mais abrangentes.
  2. Black Box (caixa preta): podemos considerar essa modalidade como um teste cego. A empresa responsável pelo teste não terá acesso aos dados da organização, apenas ao domínio a ser avaliado. Por isso, é a que mais se aproxima de um ataque real.
  3. Grey Box (caixa cinza): nessa abordagem, a empresa fornece apenas as credenciais de um operador ou um terceiro, que ajudarão a conduzir a tentativa de invasão. Essa modalidade, normalmente, é utilizada para identificar falhas nas permissões de acesso do usuário.

A escolha da melhor modalidade deve ser analisada pela empresa realizadora do teste e a instituição solicitante. A recomendação é que ser realize o teste de invasão uma vez por ano ou toda vez que um sistema ou software importante sofre modificações, pois as ameaças à segurança cibernética não param de se reinventar, ou na frequência ideal para os diferentes modelos de negócios.

Como o teste de invasão é realizado?

Após a escolha da modalidade que melhor se adéqua à realidade e necessidade do seu negócio, é preciso reunir o máximo de informações acerca da empresa, como endereços IP, verificação de uso de VPN (Virtual Private Network), endereço dos servidores DNS (Domain Name Service), detalhes de domínio, servidores de e-mail, topologia das redes, entre outros.

Normalmente, esses mesmos dados são coletados pelos hackers. Em seguida, é hora de realizar os testes de invasão, procurando suas vulnerabilidades, buscando realizar a invasão e o roubo dos dados.

Concluída a invasão, será redigido um relatório com todos os dados obtidos, falhas encontradas e providências a serem tomadas.

Se a sua empresa está precisando otimizar a segurança de seus sistemas, a NOVA8 pode te ajudar. Com foco em cybersecutiry, nossos serviços oferecem as melhores soluções de segurança com agilidade, economia de custos e com funcionalidades e qualidade comprovadas por grandes empresas no mundo inteiro.

Entre nossas soluções está o Acunetix , um scanner de vulnerabilidade que rastreia automaticamente seus sites e executa técnicas de caixa preta e caixa cinza nos sistemas que podem comprometer o sigilo do seu site e banco de dados.

Entre em contato conosco e deixe a sua empresa ainda mais segura!

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *