ambiente de sistemas TI

Quais ameaças digitais podem impactar o ambiente de sistemas

Dentro das empresas, assegurar que as informações estejam seguras e protegidas de ataques cibernéticos é uma parte fundamental do trabalho das equipes de tecnologia e de desenvolvimento de sistemas. Mas para se manter a salvo destas ameaças é necessário se manter  informado sempre, e no que diz respeito às ameaças digitais, você conhece as mais perigosas que existem atualmente?

Os riscos cibernéticos, como o roubo de dados de identificação pessoal ou de violação de sistemas empresariais, têm sido muito divulgados nos últimos anos. Mas na prática, não existe só uma fonte para que esse problema aconteça. As ameaças digitais são variadas e não discriminam as organizações quando vão procurar um alvo.

Para ajudar você a entender melhor quais são os riscos envolvidos, vamos apresentar ameaças digitais que podem impactar negativamente a sua empresa, principalmente o seu ambiente de sistemas.

Como podemos definir uma ameaça digital?

Antes de chegar na lista, é importante entender a definição da ameaça digital. E podemos dizer que este é um termo bastante amplo, mas no geral estamos falando de uma ação maliciosa que busca danificar dados, roubar informações ou interromper o uso de equipamentos ou serviços conectados em rede dentro do ambiente de sistemas das empresas.

Esta prática se dá através dos ataques cibernéticos, que incluem, entre as ameaças mais comuns, o uso de vírus de computador, violações de dados, ataques de negação de serviço, também conhecido como DoS Attack, e mesmo acessos a sistemas a partir de falhas na programação ou na consistência de acessos autorizados.

Hoje, a prevenção contra uma ameaça digital é o principal fator utilizado quando as empresas buscam soluções para segurança da informação. Como é difícil visualizar como os sinais digitais podem representar um ataque, inclusive alguns que são bastante sérios, precisamos conhecer quais são, de fato, as ameaças que precisamos priorizar evitar.

Ameaça digital: as 5 principais que podem impactar seu ambiente de sistemas

Agora vamos passar por algumas ameaças digitais para entender quais impactos podem gerar na sua empresa.

1. Ataque “Man in the Middle” (MitM)

Uma das principais ameaças que existem atualmente é o tipo de ataque conhecido como Man in the Middle. Nele, um invasor externo estabelece uma posição entre o remetente e o destinatário das mensagens eletrônicas que são trocadas. Com isso, ele consegue interceptar informações e possivelmente alterá-las quando ainda estão em trânsito.

O remetente e o destinatário acreditam que estão se comunicando diretamente entre si. Mas na verdade, existe essa ação externa que visualiza e modifica os dados. É a prática mais utilizada para roubo de informações de usuários que realizam login com alguma senha em um site ou serviço que não use as melhores práticas disponíveis para este tipo de acesso.

2. Trojans

O famoso Cavalo de Tróia, que é chamado assim por ter um funcionamento parecido com a história da Grécia antiga, é um tipo de malware que entra no sistema de destino de forma semelhante a um programa comum, mas depois libera o código malicioso dentro do sistema.

Na prática, essa é uma ameaça digital perigosa por ser muito mais violenta do que um simples Malware, que é um software que executa uma tarefa maliciosa em um dispositivo ou rede de destino. O Trojan consegue abrir uma porta para que os usuários externos acessem um computador por completo.

3. Ransomware

O Ransomware é um ataque que envolve criptografar dados no sistema de destino e exigir um resgate em troca desses dados. Só com o pagamento é permitido que o usuário tenha acesso à sua base de informações novamente.

Esses ataques variam de incômodos até incidentes graves. O caso mais recente e chamou a atenção a nível mundial foi o sequestro de dados dos sistemas da prefeitura de Riviera Beach, cidade da Flórida. Foi necessário pagar 65 bitcoins, cerca de R$ 2,3 milhões, para ter o acesso aos dados novamente. E tudo começou com um anexo de email.

4. Phishing

Uma ameaça digital que acaba facilitando a existência de várias outras. Phishing é um ataque por email que envolve enganar o destinatário para extrair informações confidenciais ou baixar malwares clicando em um hiperlink ou anexo da mensagem.

Uma forma mais sofisticada de phishing é o Spear Phishing, na qual o invasor aprende informações de interesse e características pessoais da vítima, principalmente através das redes sociais, e depois personifica alguém que a vítima conhece para enviar o Phishing. Isso faz com que o número de vítimas aumente consideravelmente.

5. Ataques à falhas nos sistemas

Para fechar nossa lista, precisamos falar sobre as invasões de sistemas a partir de ataques que buscam falhas ou algum tipo de brecha.

Como isso é feito? São hackers ou robôs que tentam achar um erro de programação ou de ambiente para entrar nos sistemas, como por exemplo, criando situações de erro que abrem uma porta para correção, ou falhas nas rotinas de consistência de senhas.

Nesse caso, há riscos graves que podem ser sanados ainda na fase de desenvolvimento. Por isso, é preciso realizar testes de segurança para as aplicações em todo o ciclo de desenvolvimento.

Quais as fontes das ameaças digitais?

Agora que você já conhece os detalhes sobre as principais ameaças, é importante lembrar que elas podem surgir por uma variedade de lugares, pessoas ou contextos. As fontes de origem das ameaças mais comuns são:

  • Email;
  • Mensagens com links em redes sociais;
  • Sites suspeitos;
  • Download de arquivos;
  • Propagandas e banners.
  • Hackers

Entendeu os riscos por trás de uma ameaça digital? Então você já sabe que precisa garantir a segurança digital para sua empresa e seus sistemas. Para isso, entre em contato com o time da Nova 8 e conheça nossos serviços e soluções que podem evitar que seu negócio sofra com algum tipo de ameaça.

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *