controle de patches

Controle de Patches e segurança em desenvolvimento de sistemas

Veja o que é controle de patches e como otimizar sua segurança com ele!

Em 2020, o Brasil registrou o maior número de ataques cibernéticos da América Latina. À medida que as ameaças cibernéticas se tornam um problema cada vez mais urgente, a segurança adequada de redes e computadores é mais vital do que nunca para reduzir o risco de violação de dados e manter a confiança dos clientes em sua marca.

O controle de patches costuma ser relevado como uma parte da segurança de dados, mas esse esquecimento pode acabar saindo caro para a empresa. O controle de patches está dentre as principais medidas de segurança cibernética.

Não tem certeza de como o controle de patches é crítico para sua empresa? Vamos dar uma olhada em como exatamente é este processo, por que ele é importante e como faze-lo de forma adequada em sua empresa!

O que é controle de patches?

O controle de patches é um processo que permite o gerenciamento adequado da detecção, download, instalação e relatório de patches – ou seja, correções e atualizações de software – em sistemas de processamento de dados.

Patchs são, por definição, modificações de código em softwares que já utilizados na sua organização, que vão alterar partes de programas existentes para corrigir vulnerabilidades de segurança, implementar correções para problemas detectados no software, ou mesmo atualiza-lo com novas funcionalidades. Os patches são disponibilizados pelo fornecedor do software, ou nos casos de software aberto, através de suas comunidades e bases de distribuição, podendo ser aplicados por um programador humano ou por uma ferramenta automática.

O controle de patches, portanto, assegura a gestão de todos os updates ou correções dos sistemas instalados na sua rede, incluindo seu sistema operacional ou outros programas utilizados. O uso de ferramentas de controle de patches automatiza todo o processo, para que você não precise gastar horas de trabalho para verificar o que é necessário fazer e aplicar manualmente os updates.

Por que o controle de patches é importante?

O controle de patches é importante pelos seguintes motivos:

  • Segurança: o controle de patches corrige vulnerabilidades em seu software que vão surgindo ao longo do tempo, reparando aplicativos que se tornaram suscetíveis a ataques cibernéticos, com isso ajudando sua organização a reduzir os riscos de segurança;
  • Tempo de atividade do sistema: o controle de patches garante que seu software e aplicativos sejam mantidos atualizados e executados sem problemas, oferecendo uma maior garantia de tempo adequado de atividade do sistema;
  • Conformidade: com o aumento contínuo dos ataques cibernéticos, as organizações frequentemente são solicitadas pelos órgãos reguladores a manter um certo nível de conformidade. O controle de patches e suas versões é em geral uma parte necessária para aderir aos padrões definidos por estes orgãos;
  • Melhorias de recursos: o controle de patches pode ir além das correções de bugs de software para também incluir atualizações de recursos e funcionalidades. Os patches podem ser essenciais para garantir que você tenha o melhor e mais recente que um produto tem a oferecer.

Como funciona uma solução automatizada de controle de patches?

As pressões orçamentárias continuam altas nas organizações de TI e, portanto, automatizar as tarefas de rotina do dia a dia é essencial. O controle de patches pode ser automatizado para permitir que todos os computadores permaneçam atualizados com as atualizações mais recentes, sem que sua equipe gaste muito tempo com isso.

É fundamental tomar as medidas necessárias para aprimorar a postura de segurança das empresas — grandes e pequenas. Portanto, contar com uma solução de gerenciamento de patch automatizado é importante para mitigar e prevenir riscos de segurança.

O controle de patches automatizado é usado para agilizar os vários estágios do processo, como por exemplo:

  1. A solução de software analisa os aplicativos dos dispositivos em busca de patches ausentes e automatiza o download de patches que são lançados pelos fornecedores de aplicativos;
  2. O software garante a implantação automática de patches com base nas políticas de implantação, sem qualquer interferência manual;
  3. Depois que os patches são implantados, os relatórios sobre o status das tarefas automatizadas de gerenciamento de patches são informados.

Com uma solução automatizada de gerenciamento de patches, sua empresa está equipada para atualizar seus sistemas para os níveis de segurança mais recentes, independentemente de qualquer levantamento manual.

Para saber mais sobre soluções que tratam da segurança de seus sistemas, entre em contato conosco e descubra como podemos ajudá-lo com nossos especialistas em cybersecurity!

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *