close-up-business-man-formal-blue-suit-use-hold-smart-phone-in-the-dark-and-copy-space-use-finger-print-unlock-smart-phone-security (2) (1)

DevSecOps: a importância da segurança contínua

Todos queremos desenvolver sistemas e aplicativos seguros. Mas para atingir isto na prática, com o software totalmente protegido, é necessário colocar foco na segurança integralmente, isto é, desde o início do ciclo de desenvolvimento de software, para que haja mínimas chances de se permitir vulnerabilidades no código. Atualmente o trabalho com esta abordagem passa pelo DevSecOps!

Você sabe qual é o significado deste termo? Podemos dizer que ele representa o próximo passo para ampliar a sua segurança. vamos falar mais sobre isso e mostrar detalhes do que é isto, o que muda em relação ao DevOps e qual sua importância no desenvolvimento.

O que é DevSecOps?

DevSecOps é uma estrutura de colaboração que consiste na soma de 3 processos: desenvolvimento, segurança e operação. Este conceito expande o impacto do DevOps, adicionando agora práticas de segurança ao desenvolvimento de software e ao processo de entrega de aplicações.

Com isso, o DevSecOps busca resolver o dilema entre as equipes DevOps – que desejam lançar o software rapidamente – e as equipes de segurança, que priorizam a segurança acima de tudo.

Ao integrar princípios e práticas de segurança ao desenvolvimento e operações de software, as equipes podem entregar novos sistemas e serviços com uma velocidade mais ágil, sem comprometer a segurança doas aplicações.

Usar DevSecOps significa implementar um conjunto de princípios e práticas que ajudam as organizações a proteger seu software, infraestrutura, sistemas e dados. É uma evolução da abordagem de segurança tradicional.

Quais as diferenças entre DevSecOps e DevOps?

DevOps e DevSecOps são frequentemente comparados como se fossem duas forças opostas dentro da área de desenvolvimento e TI. Mas, na prática, a discussão é um pouco mais complexa do que isso.

O DevOps é o processo de integração de desenvolvimento de software e de operações de sistemas, enquanto DevSecOps é uma variação daquele, que se concentra na segurança dentro destes processos. Só que para entender as reais diferenças, precisamos olhar para 3 principais pontos onde as estratégias diferem uma da outra.

Objetivo

O objetivo do DevOps é preencher lacunas de comunicação entre as equipes, concentrando-se na colaboração, integração contínua e automação, a fim de reduzir o risco e, ao mesmo tempo, entregar software de qualidade mais rápido.

Já com o DevSecOps, o objetivo é fornecer uma maneira segura de compartilhar decisões de segurança, mantendo o mais alto nível de segurança, sem perder velocidade e controle.

Ênfase do trabalho

Do lado de DevOps, a ênfase do trabalho é muito clara: está 100% ligada ao desenvolvimento de software para que atenda os requisitos necessários e seja operado adequadamente.

Já DevSecOps enfatiza a importância dos desenvolvedores trabalharem sempre com a responsabilidade de criar códigos seguros e compatíveis, para minimizar o tempo de inatividade, retrabalho e a perda de dados.

Habilidades necessárias na equipe

Fundamentos do ambiente de operação e conhecimento de várias ferramentas e tecnologias de desenvolvimento são pontos básicos necessários dentro do DevOps.

Os engenheiros de DevSecOps devem ser qualificados para detectar vulnerabilidades com técnicas especializadas e ferramentas de segurança automatizadas. Para isto é necessário um perfil de colaboração, com habilidades de comunicação. Precisa ter amplo conhecimento de segurança e disposição para fornecer suporte aos usuários da infraestrutura.

Com essas diferenças, fica claro que uma compreensão adequada de ambos permitirá que você crie um ambiente mais seguro para os dados de sua empresa, aproveitando os pontos fortes e minimizando os pontos fracos das abordagens utilizadas.

Por que o DevSecOps é importante para quem atua com Sistema e Desenvolvimento?

A prática de DevSecOps oferece muitos benefícios para a segurança e o desenvolvimento.

No jargão da segurança de TI, mover seu trabalho de segurança para a ‘esquerda’ significa mover suas tarefas de segurança para estágios anteriores no ciclo de desenvolvimento, evitando deixar seu trabalho ‘à direita’, ou seja, nas fases finais, onde o software está praticamente pronto e os problemas tendem a ser mais sérios e mais custosos. E trabalhar com DevSecOps coloca isso em prática, em ciclos de feedback contínuos. As vantagens disso são claras:

Identificar os riscos antecipadamente

A principal delas, para quem atua com Sistema e Desenvolvimento, é que ao focar nesta metodologia e filosofia, os ciclos de desenvolvimento só podem continuar depois que as bases de código são verificadas como devidamente seguras.

Isso evita que as empresas de TI enfrentem violações críticas de segurança ou problemas muito mais tarde, devido a algo que poderiam ter detectado no início do pipeline de desenvolvimento.

Segurança Automatizada

Além disso, há também a segurança automatizada, que é outro elemento crucial na manutenção de modelos e pipelines DevSecOps.

Ao automatizar a segurança, você reduz as oportunidades de erro e garante que os padrões de segurança sejam mantidos de maneira muito mais rígida e confiável.

Produtividade da equipe

Além disso, automatizar muitos de seus processos ou padrões de segurança ajudará suas equipes de DevSecOps a trabalhar para cobrir tarefas adicionais em menos tempo. Essa é uma ótima maneira de reduzir custos e aproveitar ao máximo a mão de obra disponível.

Agora que você já sabe qual a importância da segurança contínua através do DevSecOps, que tal conhecer nossas soluções e nosso Centro de Excelência em Segurança Cibernética? Temos especialistas para colocar as melhores ferramentas de segurança ‘ready-to-go’ em seu ambiente de desenvolvimento, que com isso passa a trabalhar de forma integrada em um processo DevSecOps na sua organização. Entre em contato e conheça mais!

 

Tags: Sem tags

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *