pexels-tima-miroshnichenko-5380642

Por que fazer um planejamento de segurança cibernética?

O crescimento dos crimes contra a segurança cibernética em empresas de todos os portes e em todos os segmentos se tornou exponencial. Tanto que os gastos globais nesta área devem ultrapassar trilhão de dólares até o fim de 2021, de acordo com a Cybersecurity Ventures.

A maior parte dos gastos dentro dessa realidade se deve à não prevenção de incidentes, o que faz com que as organizações invistam muito dinheiro reparando danos.

Logo, toda empresa deve ter um bom planejamento de cibersegurança. E é sobre isso que vamos conversar ao longo deste artigo.

Continue lendo para entender a importância de um plano de segurança cibernética e como você pode iniciá-lo em sua organização!

Por que o planejamento de segurança cibernética é importante?

Ainda tem dúvidas de que sua pequena empresa precisa de um plano de segurança cibernética bem desenvolvido? Aqui estão algumas razões pelas quais você precisa de um plano de segurança cibernética!

Aumento dos golpes cibernéticos

Os ataques cibernéticos são mais frequentes do que nunca. Geralmente, os relatos da mídia podem se concentrar mais em corporações maiores, mas as pequenas e médias empresas também estão no alvo dos cibercriminosos.

Quando ocorre uma violação em sua organização, cada segundo conta contra você ou a seu favor. Se você tem um plano de resposta a incidentes, pode reduzir os danos de forma rápida e drástica.

Portanto, quanto mais cedo você detectá-lo, mais fácil será lidar com ele e proteger seus dados.

É preciso responder rapidamente

Uma resposta rápida a ameaças cibernéticas protegerá a integridade de sua organização perante seus funcionários, clientes e outras partes interessadas.

Por exemplo, se um sistema de computador que contém dados confidenciais for roubado, você pode desativá-lo ou bloqueá-lo de onde estiver antes que qualquer informação seja comprometida.

Um plano de segurança cibernética conterá todos os procedimentos e contramedidas necessárias contra qualquer ameaça cibernética.

A prevenção é a melhor escolha

Um plano de segurança cibernética que contenha medidas contra a violação da tecnologia da informação pode ajudar a prevenir ataques cibernéticos.

Lembre-se: a cibersegurança não começa após a ocorrência de um ataque; é um processo contínuo que requer manutenção e monitoramento consistentes.

Quais são os passos iniciais de um planejamento de segurança cibernética?

Depois de entender as práticas recomendadas e avaliar a estrutura de segurança cibernética de sua organização, você está pronto para começar a construir seu roteiro de proteção.

Agora, como começar a desenvolver um plano de segurança cibernética? Confira nos tópicos que seguem!

Identifique os principais ativos e ameaças

A primeira etapa no desenvolvimento de um plano de segurança cibernética é identificar os ativos que você está protegendo.

Esta etapa envolve a consideração do contexto do seu negócio, bem como avaliação de ativos/riscos e processos de gerenciamento de ameaças.

Depois de avaliar seus ativos, ameaças e riscos, a próxima etapa é priorizá-los com a abordagem certa, dependendo do contexto de sua organização.

Aqui estão três perguntas que você precisa responder para identificar os principais riscos:

  • Quais são os riscos ou ameaças em sua organização?

  • Quais são as principais preocupações da sua organização com relação à segurança cibernética?

  • Quais riscos e ameaças prejudicariam mais sua organização?

Você pode então prosseguir para determinar contramedidas e tratamentos para cada risco ou ameaça identificada. Classifique-os desde as vitórias fáceis até as mais difíceis de alcançar.

→ Leia também: 4 falhas na gestão de vulnerabilidades que sua empresa deve tratar!

Defina metas alcançáveis

É fundamental ter metas altas, mas metas alcançáveis ​​são mais importantes para sua empresa do que uma longa lista de políticas e procedimentos que não ajudam.

Embora um plano de segurança cibernética deva identificar todas as atividades que você gostaria de realizar, você precisa identificar as metas que serão verdadeiramente alcançáveis.

Algumas empresas no início do ano definem metas de concluir uma tarefa em 6 meses, mas nunca a concluem em mais de um ano.

Comece com o básico. Lembre-se de que as políticas de segurança cibernética são uma base sólida que orientará o restante de seus esforços de segurança cibernética.

Concentre-se primeiro nas áreas mais importantes e de alto risco e tire-as do caminho, pois são uma questão prioritária.

Documente suas políticas de segurança cibernética

É um fato conhecido que as pequenas empresas costumam operar mais boca a boca e conhecimento intuitivo, em vez de operar fora dos livros.

A segurança cibernética é uma área em que é essencial documentar seus protocolos, processos, políticas e todos os procedimentos.

Ter um plano de segurança cibernética lhe dá a oportunidade de ter um kit de ferramentas detalhado que está de acordo com as práticas e políticas recomendadas de segurança cibernética .

Escrever essas políticas pode ser uma tarefa hercúlea; no entanto, algumas organizações são mais conhecidas por sua experiência em redação técnica e comercial. Você pode contratar os serviços de qualquer uma dessas organizações.

Vincular metas a objetivos de negócios

Identifique o motivo comercial de cada meta destacada anteriormente. Por exemplo, é melhor indicar que um firewall é necessário, não apenas por causa dele, mas para que a equipe possa acessar facilmente os dados de que precisam para realizar seu trabalho.

Não ignore o lado comercial de seu plano de segurança cibernética, pois cada um de seus planos terá um impacto em sua organização.

Teste as vulnerabilidades

Feito tudo, não se esqueça de fazer testes. Você precisa descobrir se o seu plano de segurança cibernética funciona ou não. Esperar para saber quando ocorre um crime cibernético pode ser tarde e arriscado demais. Portanto, teste seu plano.

Como você faz isso? Pelo menos uma vez por ano, contrate serviços especializados em segurança cibernética para realizar uma avaliação completa e garantir que seu plano ainda seja relevante, atualizado e eficaz.

→ Leia também: Por que contratar um teste de invasão?

Conclusão

Um planejamento de segurança cibernética é fundamental para todas as empresas que querem proteger seus dados. Como você viu, os passos iniciais podem ser dados sem grandes dificuldades.

Contudo, é também aconselhável buscar ajuda especializada. E, para isso, você pode contar com a Nova 8; somos especializados no fornecimento de ferramentas e serviços de cibersegurança e podemos ajudar.

Tags: Sem tags

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *